REVISTA ELETRÔNICA de EDUCAÇÃO & SAÚDE.

REVISTA ELETRÔNICA de EDUCAÇÃO & SAÚDE (ano XXXV) 2018 ou 5779
Criação e realização do biólogo e professor JOÃO ANGELO MARTIGNONI TEIXEIRA
Orientação e configuração do engenheiro e professor EVERARD LUCAS CARDOSO

3 de abr de 2014

A BIODIVERSIDADE com risco de extinção no verso das CÉDULAS do REAL brasileiro:

O que há no verso destas cédulas recentes (de 2010) do Real brasileiro, que nos interessa em Biologia e Ciências ?!
Resposta: nossos animais com risco de extinção, apresentados pelos seus Nomes científicos dentro da Taxonomia de Carlos Lineu, conforme comentamos em nossas aulas em 2014.


No verso da cédula de R$ 100,00, temos o Epinephelus marginatus ou seja a Garoupa, peixe que habita nosso litoral rochoso, os recifes do oceano atlântico e do mar Mediterrâneo. Uma Garoupa pesa cerca de 40 kg medindo cerca de 80 a 90 cm de comprimento.
No verso da cédula de R$ 50,00, temos a Panthera onca ou seja a Onça-pintada, é o maior felino que habita as Américas. Uma Onça desta espécie pesa cerca de 135 kg medindo cerca de 1,20 m de comprimento por 1 m de altura.
No verso da cédula de R$ 20,00, temos o Leontopithecus rosalia ou seja o Mico-leão-dourado que habita nossa mata atlântica do Estado do Rio de Janeiro (foi muito caçado por traficantes de animais). Um Mico desta espécie pesa cerca de 600 kg medindo cerca de 25 a 35 cm de comprimento, contando com a cauda até 40 cm no total de seu comprimento.



No verso da cédula de R$ 10,00, temos a Ara chloroptera ou seja a Arara vermelha-grande que habita principalmente nossa Amazônia (é muito cobiçada por traficantes de animais). Uma Arara desta espécie mede cerca de 1 m de comprimento contando com a cauda com suas penas muito bonitas.



No verso da cédula de R$ 5,00, temos a Ardea alba ou seja a Garça branca-grande que habita várias regiões brasileiras, na beira de lagos e rios; ela tem hábitos diurnos, alimentando-se de insetos, moluscos, caranguejos, peixes, anfíbios, preás, cobras e filhotes de pássaros. Uma Garça desta espécie mede cerca de 1 m de altura, com suas pernas longas e negras e plumagem branca.
Esta aqui eu fotografei para você na beira do lago do N.F.C.C. - observe o bico amarelado, a linda plumagem branca e as pernas longas e negras desta ave.
No verso da cédula de R$ 2,00, temos a Eretmochelys imbricata ou seja a Tartaruga-de-pente (pág. 320 do livro 2 de Biologia) que habita nosso litoral marinho (foi muito caçado por traficantes de animais e pescadores, que as vendiam pelo valor comercial de seu casco, para fazer diversos objetos, como por exemplo: joias, ornamentos, armações de óculos e pentes, daí o nome "tartaruga de pente"). Uma Tartaruga marinha desta espécie mede cerca de 1 m de comprimento.
Nova cédula de SEM REAIS ...para ajudar a população pobre do Brasil nos programas sociais do governo:

Um comentário:

isaias disse...

poxa jão angelo, vc ta d parabens pelo seu site, ele é muito util para os estudantes... e tbm muito legal de "navegar"... vlw um abraço