REVISTA ELETRÔNICA de EDUCAÇÃO & SAÚDE.

REVISTA ELETRÔNICA de EDUCAÇÃO & SAÚDE (ano XXXV) 2018 ou 5779
Criação e realização do biólogo e professor JOÃO ANGELO MARTIGNONI TEIXEIRA
Orientação e configuração do engenheiro e professor EVERARD LUCAS CARDOSO

31 de mar de 2014

MINERALOGIA:

Minérios (com sufixo ita = "rocha" ou "pedra") que estão presentes na "crosta terrestre" ou Litosfera (do grego Lithos = "pedra" + Sphaire = "arredondado"); esta camada sólida terrestre tem aproximadamente 6500 km de espessura:

Hematita (Fe2O3): tem como componente principal o Óxido de Ferro III, de onde se extrai o Ferro. Lembrando que hema = "sangue" ("vermelho") - o Ferro é importantíssimo para as hemácias, eritrócitos ou glóbulos vermelhos.
Bauxita (Al2O3) / Coríndon: como componente principal tem o Óxido de Alumínio, de onde extraímos o Alumínio. Lembrando que Baux é a região francesa onde este minério foi explorado inicialmente.
Cuprita (Cu2O): com Óxido cuproso, de onde conseguimos o Cobre. Lembrando que Cuprum = Cobre e daí o símbolo Cu de suas iniciais na Tabela Química.
Calcosita (Cu2S): com Sulfeto de Cobre, de onde também extraímos o Cobre.
Ilmenita (FeTiO3): com Óxido de Ferro e Titânio, de onde extraímos apenas o Titânio.
Pirolusita (MnO2): com Óxido de Manganês, de onde se extrai Manganês.
Pentladita ( (Fe.Ni)9 S8 ): com Sulfeto de Níquel e Ferro, de onde extraímos Níquel.
Cassiterita (SnO2): com Óxido de Estanho, de onde se extrai Estanho.
Magnetita (Fe3O4): com Óxido de Ferro fortemente magnetizado, de onde se tem o ímã natural.
Argentita (Ag2S): de onde se retira a Prata.

Outros Minérios:
Blena (ZnS): com Sulfeto de Zinco, de onde se obtém o Zinco.
Galena (PbS): com Sulfeto de Chumbo, de onde temos o Chumbo. O Chumbo é usado em pilhas, temos estoque natural para somente 8 anos, com reciclagem até 42 anos. A maior jazida de Chumbo está na Austrália com 19% de todo o planeta.
Cinábrio (HgS): com Sulfeto de Mercúrio, de onde se extrai o Mercúrio.

Estamos acabando com os minérios da Terra o que inviabilizará o uso de vários elementos químicos deles extraídos em tecnologias usadas em nosso cotidiano, por exemplo:
O Antimônio usado em controles remotos temos ainda um estoque para 13 anos, se limitássemos seu consumo ou fizéssemos sua reciclagem, o teríamos ainda para mais 36 anos. A maior jazida de Antimônio da Terra com 62% está na China.
Veja outros exemplos:
O Índio usado em TVs de LCD, temos estoque para 4 anos, se reciclássemos teríamos até 13 anos.
O Lítio usado em baterias de celulares, laptops e câmaras digitais, temos estoque para 46 anos, com reciclagem até 133 anos. A maior jazida da Terra com 52% de Lítio está na Bolívia.
O Brasil tem as duas maiores jazidas de Tântalo (Tantálio) com 48% e de Estanho com 22%.
Podemos então dizer que além de animais e plantas, os minérios também estão em extinção.

Nenhum comentário: